quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

#85

E o dia chegou para eu abrir a minha carta. Está em formato electrónico, mas não deixa de ser uma mensagem para mim. 

Eis o que escrevi para mim há mais de um ano atrás: 


Pela segunda vez, hoje escrevo uma carta para a ler daqui a um ano, um mês e um dia. Mais precisamente… dia 12 de Dezembro de 2012.
Hoje o dia foi interessante, mas isso é outra história.
Muito surreal foi mesmo o facto de o número um se repetir tantas vezes.
Melhor ainda, foi o facto de eu pedir um desejo… às onze horas, onze minutos e onze segundos, do décimo primeiro dia do décimo primeiro mês do décimo primeiro ano do segundo milénio.
Então… praticamente nada do que escreveste na outra carta se concretizou… aliás, as esperanças eram praticamente nulas.
Obviamente que espero já estar sem o aparelho dentário!!!!
Muito honestamente não estou motivada a escrever muito… porque acho que não vale a pena desejar muito. Nem desejar pouco. Praticamente não há vontade de desejar, porque acho que nada se vai cumprir.
Mas… que gostaria eu?
O aparelho dentário já mencionei. Tem que eclipsar-se este ano.
Como tinha pedido ao anjinho numa postagem… prezo bastante os meus pais e irmã, apesar de eu necessitar do meu espaço, do meu canto, da minha vida.
Mas faço votos para que a saúde não lhes falte, tal como a estabilidade financeira. Que reine o amor, a felicidade e a paz nos seus corações… e que o V. continue a fazer parte da vida da minha irmã e da nossa.
Gostaria também, entretanto, de conseguir completar horário. De preferência perto do local onde estou actualmente a dar aulas. Mas o que seria excelente era ficar em Agosto com horário completo em Lisboa… mas duvido que isso aconteça. Todavia, fica uma réstia de esperança…
Encontrar alguém especial que me ache digna do seu amor… oh… isso sim. Gostaria realmente de encontrar alguém assim. Não é achar, porque amores não se acham como quem dá pontapés nas pedras da calçada.
Com a crise económica que atravessamos… para quê desejar ter um sítio só meu? Bem… eu posso desejar, mas isso é que não vai acontecer… a não ser que… Bem, quero ganhar o terceiro ou o segundo ou o primeiro prémio do euromilhões! :D Pedir não custa, não é?
Hoje, dia 11 de Novembro de 2011 às 11 horas, 11 minutos e 11 segundos, com a mão em cima do coração… pedi um desejo. Ser feliz. E para o ser… gostaria de ver alguns destes outros desejos concretizados. Preciso que quem vela por mim continue a fazê-lo, pois eu não os esqueço. E preciso que os meus Amigos o continuem a ser, mesmo que falemos pouco, mesmo que nos vejamos pouco… porque Amigo não é esquecido.
Finalmente, vou esforçar-me por cumprir mais algumas tarefas da minha lista de 101 tarefas. Mais algumas… ou seja, trinta: 1 - Convencer alguém a realizar também as suas 101 coisas em 1001 dias; 2 - Ganhar um prémio no euromilhões; 3 - Gravar um vídeo e fazer upload no YouTube; 4 - Inscrever-me no postcrossing; 5 - Organizar pastas de powerpoints, pdf’s, vídeos, fotos; 6 - Organizar um caderno de receitas; 7 - Organizar uma agenda de telefones/moradas/aniversários; 8 - Organizar os meus calendários; 9 - Arranjar envelopes para organizar os meus recibos e rotulá-los; 10 - Fazer lista de dvd’s/cd’s/livros; 11 - Aprender todas as capitais da Europa; 12 - Aprender a identificar 7 constelações; 13 - Identificar 10 árvores diferentes; 14 - Ir a Fátima; 15 - Num mês ir caminhar, pelo menos, 20 dias; 16 - Num mês fazer abdominais todos os dias; 17 - Ter uma aula de maquilhagem (talvez na Sephora); 18 - Ir ao massagista ou SPA; 19 - Completar colecção Harry Potter (O Cálice de Fogo, O Príncipe Misterioso e Os Talismãs da Morte); 20 - Completar colecção da saga Crepúsculo (Eclipse, Amanhecer); 21 - Colar flor autocolante na parede do meu quarto; 22 - Escrever um poema; 23 - Acabar o bordado dos cavalos; 24 - Fazer algo em tricôt; 25 - Fazer um puzzle e emoldurar; 26 - Fazer um retrato em ponto cruz com um casal; 27 - Iniciar a minha banda desenhada; 28 - Fazer 6 origamis; 29 - Tirar-me uma foto durante 30 dias seguidos.30 - Doar sangue. 
Afinal ainda escrevi muito… Não está descartada a hipótese de um dia escrever um livro… mas gostaria que fosse algo com substância e não apenas escrever um livro porque todo o bicho careto escreve um livro. Vamos a ver. Bem… para finalizar, com o meu trabalho, espero ter pelo menos um Bom no meu percurso deste ano lectivo. Faço o que me é pedido e faço alguns favores… por isso não devo nada a ninguém.
E por este ano é finito…
Seja o que Deus quiser. E que Deus esteja sempre comigo.
Até breve!



Paty

Sem comentários:

Enviar um comentário